ESCOLA CAPACITECA ARAÇATUBA

15 DE MAIO 



CONSELHO TUTELAR: TEORIA, ATRIBUIÇÕES E PRÁTICAS.


Dia 15 de Maio de 2018.
Horário: das 8h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h00 (7h/aula).
Público Alvo: Conselheiros Tutelares e Conselheiros de Direitos da Criança e do Adolescente.
Local: Araçatuba/SP

Conanda convoca a XI Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente



VEM AÍ...
 XI Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente 

"Proteção integral, diversidade e enfrentamento das violências"


Aos Conselhos Municipais dos Direitos de Crianças e Adolescentes uma informação importante. Foi publicada, no Diário Oficial da União, a convocação do Conanda para a realização da XI Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (XI CNDCA). O tema central será: Proteção integral, diversidade e enfrentamento das violências. Confira o cronograma das Conferências (2018 e 2019):

I - Conferências livres: janeiro a abril de 2018
II - Conferências municipais: maio a novembro de 2018
III - Conferências estaduais e do Distrito Federal: janeiro a julho de 2019
IV - Conferência nacional: outubro de 2019
Agora na sequencia, caberá aos Estados, Distrito Federal e Municípios convocarem suas etapas conferenciais, que podem também ser regionais e/ou territoriais, desde que sejam realizadas nos períodos descritos no edital . O documento recomenda ainda a educomunicação em todas as etapas, como também prevê que seja garantida a participação de crianças e adolescentes nas comissões organizadoras e na condição de delegados(as) da Conferência. As informações sobre o número de delegados, porcentagens de representações de delegados adultos e crianças e adolescentes, por estado, e demais informações estarão disponíveis no Documento Orientador, que está em fase de elaboração e será divulgado em breve pelo Conanda e também no CAPACITECA

CLIQUE AQUI e baixe a resolução 202 do Conanda convocando a XI Conferencia

Fonte: Site Ministério dos Direitos Humanos

Conselho Tutelar e o Susto

Conselho Tutelar:
 “Vocês podem dar um susto no meu filho?”
"Vim trazer meu filho para vocês darem um susto!”, ou
"Vim entregar para juiz”, ou
"Não quero mais esse menino”, ou
"Vocês tem que dar um jeito nessa menina”, etc... 

Essas falas, infelizmente são muito comuns no dia-dia para conselheiros e conselheiras tutelares em todo o Brasil.
Será que existe algum conselheiro(a) que esteja lendo este texto e nunca ouviu isso?

Fortalecendo Conselhos Tutelares


Fortalencendo Conselhos Tutelares

Os cursos realizados diretamente para o colegiado local possuem mais tempo de interação e facilitam o entendimento das atribuições. Quando o Conselho Tutelar esta fortalecido, consequentemente melhora seu desempenho e atuação. 

O que falar e depois o que fazer quando o telefone de plantão do conselho toca as 2h da madrugada ?

O Colegiado e o Levantamento de Dados


No desempenho de suas atribuições o Conselho Tutelar tem um papel fundamental que é levantar dados para fundamentar a tomada de decisões nas politicas públicas da infância. É importante que o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente esteja

Postagens Populares

SÓ PRA PENSAR...

  • Juiz, Promotor, Conselheiro Tutelar e Delegado, são todos autoridades e nenhum é subordinado ao outro...
  • Conselho Tutelar não dá a guarda para ninguém, quem dá a guarda é Juiz...
  • Eleição de Conselho não é Concurso Público...
  • Conselheiro não deve usar o termo "Menor" ...
  • Veículo do Conselho não é taxi e nem bonde...
  • O dever de cuidar de crianças é dos pais, o Conselho Zela pelo Direito...
  • Conselho Tutelar não tem "pózinho mágico" e nem tem que "dar jeito" em criança nenhuma...
  • Quem tem Viatura é Policia e Conselho Tutelar Não é Policia...
  • Relatório Social é um documento feito por uma Assistente Social...
  • Conselho Tutelar não faz investigação, quem faz investigação é Policia Civil...